Solothurn Film Festival arrasta multidão as salas de cinema

IMG_5723

O Solothurn Film Festival completa 52 anos no auge do inverno suíço, apresenta sua programação de 19 a 26 de janeiro e arrasta um multidão para contemplar as produções audiovisuais do país. O popular Soloturner Filmtage é um dos mais renomados eventos culturais no país.

A veia pulsante do festival é a mostra Panorama Suisse que exibe filmes de todos os gêneros e formatos, além da presença do diretores que respondem questões através de debates e discussões mediadas, permintindo um aprofundamento sobre suas obras.  interessante notar como um país que possui não mais que 8 milhões de habitantes, tem uma produção tão diversificada.

Embora a temperatura tenha ficado entre -5C e 4C, o festival tem uma atmosfera aconchegante e clima mais do que propicío para se render, entre uma um filme e outro, às deliciosas sopas ou pecaminosos chocolates quentes. As exibições acontecem em nove cinemas espalhados por Solothurn, o que cria uma exclente oportunidade para explorar a cidade e fazer uma pausa para um café, não só por causa das baixas de temperatura, mas porque todo festival precisa ser regado a café.

O festival é dedicado as produções suíças, e por isso nem sempre possui legendas em inglês, mas em francês e alemão – uma pena para os que não dominam nem uma das duas línguas, pois o evento tem indiscutívelmente uma excelente programação. Não é incomum ouvir em outros países ou até em solos helvéticos que nao existe um mercado cinematografico por aqui – discordo!

De fato o pais é pequeno, mas também tem uma economia estável, o que proporciona uma série de co-produções e parcerias como outros o países. O fato da Suíça estar localizada no meio da Europa faz com o cineastas e filmmakers possam ir de um lugar para outro podendo trabalhar de maneira global, mas também, é fato que de que a meneira de consumir filmes locais também é outro. Muitos filmes e documentários são produzidos diretamente para televisão.

Anúncios